Assumindo o papel de maestro da sua vida

* Especialmente para os homens (e importante para muitas mulheres).

 

 

 

Como identifico quando eu não estou bem comigo mesmo?

 

O que eu tolero em mim que eu sei que é falta de posicionamento e atitude na minha vida? Se algo é intolerável nas minhas atitudes porque me permito continuar?

 

A falta de atenção consigo mesmo pode gerar grandes desconfortos e um distanciamento do fluxo natural da vida, e tudo passa a ser um grande esforço. E esforço é como nadar contra a correnteza.

 

Quando você não está prestando plena atenção ao que está fazendo neste momento, e também não consegue perceber e analisar como está fazendo, você está criando uma situação desconfortável para você mesmo, e desta forma não consegue ter energia suficiente para LIDERAR A SI MESMO, tão pouco liderar outras situações da vida. Isto reflete nas relações, porque estando desconfortável para você, pode está refletindo em quem está com você.

 

 

E o que pode ser feito? Como voltar ao foco e dá uma guinada na vida?

 

Faça cobranças a você mesmo sobre suas atitudes, mas sempre levando em conta o que são os seus PROPÓSITOS, no que você quer agora, porque fora do propósito existem as culpas, os medos, a posição de vítima, e as cobranças desproporcionais e descabidas, para você e para os outros.

 

FIRMEZA, nunca significou se impor diante de outras pessoas, e sim sobre seu POSICIONAMENTO coerente e coeso, sobre a expressão de sua fala, sobre sua expressão corporal, a expressão do seu olhar, se expressando dominando sua impulsividade e ímpeto, porque quando nos distanciamos da firmeza, assumimos o comportamento defensivo. A falta de ação, que é posicionar-se na vida diante das suas responsabilidades, gera a defesa, como se algo viesse nos atacar (nos cobrar, e não queremos ser cobrados).

 

O que não gosto e tolero tem muito a ver com o que não faço por mim mesmo. Se não faço por mim, faço para quem exatamente? Normalmente a resposta é: “para quem está do nosso lado, para alguém que preciso cuidar”. Como cuidar do outro se não cuido de mim mesmo? Como dar algo ao outro se não valorizo dar a mim mesmo? E estas questões nos remete a possibilidade de estarmos fora do nosso lugar, assumindo outro papel que não aquele que deveria assumir aqui e agora.

 

 

Cuide-se bem, valorize-se

 

Pergunte-se: qual foi a última vez que você comprou algo que você mesmo escolheu porque isto era importante para seu cuidado pessoal?

 

Cuide do seu corpo, valorize o que você sente e não se permita ficar na defensiva, se permita viver o AQUI E AGORA, preste atenção no que você tem que fazer e no que está fazendo.  Na defensiva podemos ser agressivos e até mesmo violentos, na firmeza e no posicionamento nos permitimos ser HOMENS.

 

Não fuja das responsabilidades que você deve ter com os outros, e nunca se esqueça das responsabilidades com você mesmo. Sair da defensiva não significa assumir o lugar do ataque, e sim o lugar do maestro do meio de campo, sabendo que o campo é a sua vida, e o campo deve ser cuidado integralmente.

 

Clique aqui e conheça a proposta da Vivência para Homens "Conectando com o Presente".

 

 

HILDEBRANDO COUTO SANTOS
Sociólogo, Mentor, Coach, Constelador e Sócio no Instituto Voo das Borboletas e na Étika Desenvolvimento Humano. Idealizador do programa de desenvolvimento para homens e do treinamento para Lideranças Sistêmicas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags:

Compartilhe noFacebook
Please reload

Posts Recentes

August 25, 2020

February 25, 2019

January 15, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square

ENTRE EM CONTATO

ATENDIMENTOS

PRESENCIAL EM PORTO ALEGRE e SAPIRANGA
ONLINE NO BRASIL E EXTERIOR

Porto Alegre/RS   |  contato@voodasborboletas.com.br Fone 51 99785-9243

MANDE SUA MENSAGEM